Cinto de segurança para trabalho em altura: como escolher o EPI ideal

Cinto de segurança para trabalho em altura: como escolher o EPI ideal

Imagem:

Não dá para relaxar em trabalhos em altura e o cinto de segurança é um dos EPIs obrigatórios e que realmente fazem a diferença

Também chamado de cinto paraquedista, o cinto de segurança para trabalho em altura é um daqueles equipamentos de proteção individual indispensáveis e obrigatórios. O trabalhador somente pode realizar atividades em alturas se estiver utilizando tal EPI. Não há discussão. É lei. E no post de hoje, aqui no blog do Mundo Linha Viva, você irá conferir algumas dicas práticas para comprar o modelo certo de cinto de segurança de acordo com o que realmente precisa no dia a dia. Acompanhe na sequência.

Dicas para escolher o melhor cinto de segurança para trabalho em altura

  • Tipos de cinto de segurança para trabalho em altura:
    • Para trabalhos suspensos de longa duração: escolha o cinto de segurança com fixação peitoral, abdominal, dorsal e lateral.
    • Para deslocamento, prevenção e parada de queda: opte pelo modelo com fixação peitoral e dorsal.
    • Para prevenção e parada de queda somente: a indicação é o cinto com fixação dorsal.

Empresa de EPI em São Paulo: fale com o Mundo Linha Viva!

Nosso time é formado por profissionais que realmente entendem do assunto. São pessoas que lidam diariamente com os mais diversos tipos de equipamentos de proteção individual e para clientes com as mais diferentes necessidades. Um bom exemplo disso é que você encontra por aqui o que há de melhor em cinto de segurança para trabalho em altura e vários outros EPIs para trabalhos deste tipo. São produtos de altíssimo padrão de qualidade e que seguem as mais rigorosas normas técnicas de segurança. Em outras palavras, você não precisa se preocupar em relação ao que precisa comprar. Aproveite: fale com um dos nossos especialistas!

Saiba mais sobre os cintos de segurança para trabalhos em altura

  • Segurança: verifique com atenção se os cintos de segurança que está pesquisando atendem os requisitos técnicos de segurança. O fabricante deve atender a 100% das normas exigidas.
  • Conforto: mesmo sendo a segurança o objetivo principal do EPI, o conforto não pode ser deixado de lado. Um bom cinto de segurança para trabalhos em altura não pode incomodar o trabalhador, muito menos restringir sua mobilidade. Modelos com estofamento, assentos embutidos, suporte para lombar, espaço para ferramentas e outros detalhes merecem a sua atenção.
  • Componentes especiais: veja se o EPI oferece ferragens com revestimento especializado, pontos adicionais de conexão, argolas em D em pontos estratégicos, pontos de fixação na região dos ombros, bolsos, talabarte (tipo Y), reguladores para torso e também fivelas de conexão rápida.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

+