O que é perturbação funcional e como ela se manifesta no ambiente de trabalho?

Tempo de leitura 3 minutos

Para o trabalhador ter mais qualidade de vida durante e após a vida profissional, é preciso olhar com atenção para o assunto do post de hoje

 

Vamos começar o post de hoje pela definição da perturbação funcional. Trata-se de um dano transitório ou permanente, fisiológico ou psíquico, como a perda da visão, uma dor em uma parte específica do corpo, perda de audição, convulsões, tremores, espasmos, problemas de fala, perda de memória e outros. Quer saber mais sobre o assunto e descobrir como o problema pode se manifestar no ambiente de trabalho? Continue a leitura do post de hoje, aqui no blog do Mundo Linha Viva.

 

Você sabe o que é perturbação funcional?

  • Conceito amplo e abrangente: a perturbação funcional não se restringe apenas ao local de trabalho e doenças relacionadas a este ambiente. Em outras palavras, não diz respeito a acidentes ocorridos somente dentro da empresa, como cortes, ferimentos, fraturas ou amputamentos.
  • Doenças não-ocupacionais: podem surgir fora do ambiente de trabalho e até mesmo após a aposentadoria do(a) colaborador(a). São doenças que podem acontecer em razão de longos períodos de rotinas laborais consideradas estafantes. Aliás, justamente por isso, não são raros os casos em aposentados.
  • Manifestações: a perturbação funcional pode gerar problemas graves de saúde, atingindo os sentidos físicos e até mesmo órgãos. Novamente pontuando, é um problema que ocorre após anos e anos de trabalhos repetitivos / exaustivos, quando o trabalhador não percebe imediatamente danos à saúde.
  • Diferenciação: é importante ressaltar que tal quadro é diferente de uma doença de trabalho, assim como esta é totalmente diferente de um acidente de trabalho. Compreender tal cenário é fundamental para identificar o problema com antecedência.

 

O que a empresa pode fazer?

A empresa é responsável pela saúde e bem-estar do colaborador dentro do local de trabalho. No caso da perturbação funcional, para evitar o desenvolvimento de tal quadro, é fundamental o investimento em segurança do trabalho e em um ambiente focado na saúde física e mental. Desta maneira, no dia a dia, a empresa passa a “jogar junto” com o funcionário, contribuindo para sua saúde e bem-estar mesmo quando o mesmo não está em seu horário de trabalho. É preciso verificar se muitas tarefas são repetitivas, se há o descanso adequado e oferecer acompanhamento médico e psicológico próximo.

 

Mundo Linha Viva

A perturbação funcional está relacionada diretamente à qualidade do ambiente de trabalho e da própria segurança do funcionário. E, dentro deste universo, contar com os melhores equipamentos de proteção individual faz toda a diferença. A empresa é responsável pelo fornecimento de todos os EPIs necessários. O colaborador é responsável pela utilização adequada e seu armazenamento e conservação. E o Mundo Linha Viva oferece variedade e qualidade para diversas áreas de atuação. Além disso, por aqui você sabe que pode confiar no atendimento de profissionais que realmente entendem do assunto. Aproveite o post de hoje e envie AQUI uma mensagem de contato.