Saiba quais características necessárias para um modelo de corda para trabalho em altura

Tempo de leitura 3 minutos

Não há dúvidas sobre a importância da corda para trabalha em altura. Este é um dos equipamentos de proteção individual mais procurados do mercado

Quando pensamos em trabalho em altura, um dos principais produtos de segurança que nos lembramos é da corda para trabalho em altura. E nem poderia ser diferente, afinal a corda garante a proteção do trabalhador durante todos os momentos em que o mesmo está desempenhando atividades de risco, em alturas superiores a dois metros de distância do solo. Quer saber mais sobre o assunto e também conferir quais são os outros EPIs essenciais para este tipo de função? Continue a leitura do post de hoje, aqui no blog do Mundo Linha Viva.

Corda para trabalho em altura: confira os principais tipos

Corda elástica

Como o próprio nome já deixa claro, esta á uma corda para trabalho em altura que apresenta elasticidade, cerca de 10% de toda a carga laboral. No mercado, grande parte dos modelos é fabricada com fibras de nylon, um dos materiais mais flexíveis e resistentes que existem. O ponto de ancoragem é localizado abaixo do trabalhador, o que torna este modelo o mais indicado.

Corda estática

Apesar do nome, esta corda para trabalho em altura também apresenta certo grau de elasticidade, porém é bem menor em comparação ao modelo citado anteriormente. Trata-se de um produto muito indicado para transporte de cargas em grandes alturas, como para içamento de móveis e equipamentos. A corda estática suporta peso sem que sua estrutura se rompa.

Corda de Kermantle

Seu nome não é muito conhecido, mas a corda de Kermantle é muito eficaz. É confeccionada com camadas de nylon e fibras de poliéster também podem ser adicionadas, formando assim uma estrutura ainda mais reforçada. O grande diferencial da adição do poliéster é a resistência, o que faz desta corda uma ótima opção para locomoção de cargas pesadas.

EPIs para trabalhos em altura

Além dos modelos de cordas que você acabou de conferir, outros equipamentos de proteção individual também são essenciais para trabalhos em altura. Confira:

  • Talabarte: dispositivo que deve ser utilizado como uma extensão do cinto de segurança. Existem vários modelos disponíveis no mercado, como o talabarte simples e o talabarte em Y.
  • Trava-quedas: outro EPI indispensável, o trava-quedas é um item de segurança que evita a queda do trabalhador em caso de acidente. Deve ser utilizado em conjunto com o talabarte e o cinto de segurança.
  • Capacete com fita jugular: além de garantir proteção contra queda de objetos, o capacete com fita jugular permanece preso à cabeça do trabalhador (graças à fita) sem que o mesmo preciso ajustar o EPI frequentemente, mantendo suas mãos livre.
  • Botas de proteção: ideal para evitar escorregões. O solado das botas de proteção, assim como de outros calçados de segurança, deve ser antiderrapante.
  • Óculos de segurança: evita que pequenas partículas entrem em contato como os olhos do trabalhador.

Fale com quem realmente entende do assunto

Aqui no Mundo Linha Viva você encontra corda para trabalho em altura e diversos outros EPIs para garantir muito mais segurança aos seus colaboradores. E além da variedade de produtos, o atendimento também é um ponto forte. Você terá todo o suporte necessário de profissionais que realmente entendem do assunto e que lidam com a comercialização diária de diversos equipamentos de proteção individual.

Então, não perca mais tempo na internet pesquisando sobre modelos de cordas para trabalhos em altura. Resolva tudo hoje mesmo. Fale com um dos nossos especialistas e garanta as melhores opções do mercado e condições especiais.